Itália consagra Nairo Quintana

Colombiano confirma favoritismo e é o primeiro sul-americano a vencer o Giro, em competição histórica para o país

Quintana no pódio do Giro d'Italia - Foto: Reprodução/Twitter

Nairo Quintana (Movistar) é o campeão da 97ª edição do Giro d’Italia. Neste domingo (01), o colombiano cumpriu sem problemas a protocolar etapa que fecha a competição e comemorou seu primeiro título em grandes voltas. Apontado como o grande favorito antes do início, o ciclista de 23 anos mostrou que é um dos melhores montanhistas da atualidade e candidato a brilhar em qualquer prova de três semanas que participar.

Com isso, Quintana tornou-se o primeiro sul-americano a vencer o Giro d’Italia, logo em sua estreia na competição. O atleta de Boyacá junta-se a Luis Herrera, vencedor da Vuelta a España 1987, como os únicos colombianos campeões de uma grande volta.

E não bastasse a maglia rosa como campeão do Giro, Quintana levou também a camisa branca, como melhor ciclista com menos de 25 anos, garantindo o tricampeonato da Colômbia nesta classificação (os vencedores anteriores foram Urán, em 2012, e Betancur, em 2013)

A festa colombiana no Giro ainda teve mais alguns protagonistas. Rigoberto Urán (Omega Pharma), vice-campeão pelo segundo ano consecutivo e maglia rosa do Giro durante quatro etapas, e Julian Arredondo (Trek), camisa azul como melhor montanhista. Também merece destaque a Team Colombia, que novamente participou como convidada conquistando dois segundos lugares com Fabio Duarte.

Na 21ª etapa, o pelotão do Giro percorreu 172 km entre Gemona del Friuli e Trieste em um trajeto plano. Luka Mezgec (Giant-Shimano) foi o vencedor.

A primeira parte da etapa foi tranquila, sem ataques. Chegando em Trieste, os ciclistas completaram 8 voltas em um circuito de 7,25 km.

Alguns ataques foram lançados, com Svein Tuft (Orica-GreenEdge) e Lark Bak (Lotto-Belisol) chegando a abrir 45s sobre o pelotão. Mas na última volta, as equipes de sprinters logo começaram a formar seus trens, com Cannondale, Trek, Giant-Shimano, FDJ e Sky brigando pela vitória.

Na chegada, Luka Mezgec surpreendeu os favoritos Bouhanni, Farrar e Nizzolo, vencendo pela primeira vez em uma grande volta. Uma vitória ‘em casa’ para o esloveno já que Trieste está perto da divisa entre Itália e Eslovênia. Quarto colocado no dia, Bouhanni terminou como o campeão por pontos do Giro.

A próxima grande volta do ciclismo é o Tour de France, que acontece entre os dias 5 e 27 de julho.

Resultado 21ª etapa
1 Luka Mezgec (ESL) Team Giant-Shimano 
2 Giacomo Nizzolo (ITA) Trek Factory Racing 
3 Tyler Farrar (EUA) Garmin Sharp 
4 Nacer Bouhanni (FRA) FDJ.fr 
5 Roberto Ferrari (ITA) Lampre-Merida 
6 Leonardo Fabio Duque (COL) Colombia 
7 Luca Paolini (ITA) Team Katusha 
8 Tosh Van Der Sande (BEL) Lotto Belisol 
9 Borut Bozic (ESL) Astana Pro Team 
10 Iljo Keisse (BEL) Omega Pharma – Quick-Step Cycling Team

Classificação final Giro d’Italia 2014
1 Nairo Alexander Quintana Rojas (COL) Movistar Team 
2 Rigoberto Uran Uran (COL) Omega Pharma – Quick-Step Cycling Team 0:02:58
3 Fabio Aru (ITA) Astana Pro Team 0:04:04
4 Pierre Rolland (FRA) Team Europcar 0:05:46
5 Domenico Pozzovivo (ITA) AG2R La Mondiale 0:06:41
6 Rafal Majka (POL) Tinkoff-Saxo 0:07:13
7 Wilco Kelderman (HOL) Belkin Pro Cycling Team 0:11:09
8 Cadel Evans (AUS) BMC Racing Team 0:12:00
9 Ryder Hesjedal (CAN) Garmin Sharp 0:13:35
10 Robert Kiserlovski (CRO) Trek Factory Racing 0:15:49

 

 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s